Blog  ·  01/12/2021

Espaço Maker: o que é e como montar um na sua escola

Descubra o que são Espaços Makers e saiba como implementar na sua escola.

Cada vez em maior destaque em grandes empresas e startups, o Espaço Maker chega às instituições de ensino para revolucionar as atividades complementares. Criado com o objetivo de fazer os estudantes experimentarem e compartilharem soluções, estes ambientes oferecem ferramentas tecnológicas para a execução de tarefas do dia a dia.

Quer saber mais sobre o Espaço Maker? A gente te conta mais sobre, clicando aqui!

O que é o Espaço Maker?

A palavra maker traduzida do inglês, significa criador, fabricante, construtor. Sendo assim, o Espaço Maker, nada mais é do que um local em que as pessoas têm a oportunidade de criar e construir, utilizando ferramentas aliadas à tecnologia.

Desta forma, as atividades oferecidas nesse espaço servem para desenvolver diversas habilidades, como o pensamento crítico, raciocínio e criatividade. O conceito é semelhante ao do “Do it Yourself”, ou DIY, expressão também adotada do inglês para se referir a tutoriais em que são ensinados para que a pessoa faça sozinha.

Foto: banco de imagens

O Espaço Maker tem sua base na Cultura ou Movimento Maker, que vamos te explicar agora:

Movimento Maker

A cultura maker teve início entre o final da década de 60 e início da de 70, mas foi apenas em 2005 que o Movimento Maker ganhou força e foi oficialmente criado por Dale Dougherty. Segundo Dale, “a vontade de criar existe em todos os seres humanos e ultrapassa qualquer talento”.

Ele também tem uma definição própria para o Espaço Maker: uma combinação de oficina mecânica, estúdio de arte e laboratório de computação. Nele os frequentadores têm acesso às ferramentas e ao conhecimento de outros makers presentes.

Dale foi Co-fundador da O'Reilly Media, uma companhia de mídia americana que publica livros, sites e organiza conferências sobre temas ligados à informática. Além disso, lançou a Make Magazine, a primeira especializada na cultura maker. Ele encara o movimento maker como uma revolução da criatividade, comparando com uma nova Renascença.

O movimento já é presente em países como Estados Unidos, Itália e China, e está se espalhando para locais como Japão, Cingapura, França, Inglaterra e Alemanha. No Brasil, avança a passos lentos, mas o interesse pela tecnologia e compartilhamento já existem.

No país, o movimento começou oficialmente em 2009, com a criação de um FabLab, ambientes em que as pessoas podem ter acesso à criação de produtos e compartilhar experiências. Além disso, os espaços têm ganhado destaque em escolas de todo o país.

Foto: banco de imagens

O que é preciso para criar um Espaço Maker nas escolas?

Para se construir um Espaço Maker, não há a necessidade de utilizar tecnologias em bastante quantidade, mas as máquinas usadas como ferramentas são os principais pontos de interesse dos alunos no momento de atuar nas atividades complementares. Por conta disso, se sua escola pretende construir um Espaço Maker, alguns equipamentos podem ajudar, e muito, a estimular a curiosidade dos estudantes às novas tecnologias. Assim, alguns dos instrumentos que podem compor estes ambientes são:

● Blocos de montar;

● Circuito integrado;

● Cortadoras a laser de bancada;

● Display LCD;

● Equipamentos para programação;

● Ferro de solda;

● Fresadora de precisão;

● Impressoras 3D;

● Prensa térmica.

Além da estrutura física, o Espaço Maker precisa de iniciativas pedagógicas. Afinal, eles são por definição, espaços para que as ideias surjam e os estudantes possam se expressar e colocar a mão na massa. São locais que podem ser adaptados para atender desde a educação infantil até os anos finais.

No Ensino Médio, principalmente, associado às mudanças que irão ocorrer na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) a partir de 2022, com a criação das horas complementares. Por conta disso, as escolas devem encarar esses espaços como um habitat de inovação, investindo também em profissionais capacitados para serem mentores dos alunos e assim, incentivá-los a desenvolver a parte criativa.

Qual a importância do Espaço Maker na educação?

O objetivo de todas as atividades complementares na escola, é fazer com que as experiências dos alunos possam ir além da sala de aula. Elas estimulam a criatividade, a autonomia, o senso crítico e a interação de crianças e adolescentes.

No Espaço Maker não é diferente. Nele, os estudantes aprendem a pensar e resolver problemas, que podem ser relacionados às suas próprias vidas, ao ambiente escolar ou até a toda comunidade. É um espaço de descobertas, onde o aluno é o protagonista e o professor, o facilitador. Afinal, foi-se o tempo onde o papel do professor era visto apenas como autoridade e as ferramentas de estudo eram somente papel e caneta.

Inclusive, é estimulado que os professores atuem como coadjuvantes nesses processos, instigando os alunos com perguntas e provocações para que eles possam solucionar as questões sozinhos e não recebam uma resposta pronta. O papel do professor é incentivar os alunos e fazer com que eles sintam vontade de aprender.

Foto: Due Laser

O papel da Due Laser na criação desses espaços

A Due Laser é uma empresa que preza e valoriza parcerias. Estamos sempre dispostos a ajudar instituições de ensino a alcançar as melhores experiências com os espaços makers. Nossa função é passar o nosso conhecimento para que a metodologia seja aplicada de maneira correta. Pois, os Espaços Makers precisam de profissionais especializados para serem construídos de maneira adequada.

Por isso, nosso foco é auxiliar as escolas a montarem espaços de múltiplo aprendizado para que os estudantes possam ter experiências que vão além da sala de aula. A Due oferece soluções com custos acessíveis, em que o retorno vai além do horizonte financeiro, deixando a sua escola com um novo formato de ensino e aprendizado. Afinal, escolas com Espaço Maker se diferenciam no mercado, e se destacam entre as demais.

Entre no nosso site e conheça todas as nossas soluções para a construção de um Espaço Maker na sua escola!

Let's Due It!

Gostou do nosso conteúdo? Então não deixe de nos acompanhar nas redes sociais e conferir outros conteúdos exclusivos! Estamos no Facebook, Instagram e no YouTube.

POSTS RELACIONADOS